Álbum Copa do Mundo 2018 – O mais raro panini

A cada quatro anos o álbum da copa do mundo permanece encantando gerações e, desde 1970, a FIFA escolheu a editora panini como sua grande parceira para editar o livro ilustrado oficial dos mundias (no Brasil, a partir de 1990).

Lançado em vários países, a editora, como não poderia deixar de ser, edita os álbuns com pequenas diferenças, seja na linguagem, alguma bandeira, cor ou até mesmo algumas figurinhas.

Para iniciar a nossa exemplificação em nível básico, daremos o exemplo de 2018, onde no Brasil houve quatro álbuns diferentes lançados, sendo dois capas moles (um pago e outro cortesia do editor) e dois capas duras (um azul tradicional e o prateado EDIÇÃO LIMITADA que apenas os colecionadores mais atentos conseguiram obter):

Dentre as principais diferenças internas dos álbuns lançados ao redor do mundo, a principal é a quantidade de figurinhas! O brasileiro (e outros países) trouxeram 12 figurinhas a mais (as cidades sedes) e o verso dos cromos eram pretos, a contrário da versão internacional que era rosa.

Alguns álbuns pouco diferem dos outros e tem apenas a bandeira na contra capa como diferencial:

Já outros, além da bandeira, traziam figurinhas chamadas de “extras” pois só foram lançadas naquele país. Para o mundial de 2018 elas variaram entre 8 e 12 cromos promocionais que vinham em envelopes exclusivos do Mc Donald´s ou garrafas da Coca-Cola.

Alemanha, Dinamarca, México, Portugal, Áustria, Suíça e Rússia (exemplo da foto abaixo) trouxeram esta página exclusiva em seu álbum:

Muitas são as diferenças entre os álbuns lançados pela panini pelo mundo para a copa de 2018. Para se ter um ideia, já foram catalogados mais de 80 álbuns diferentes desta mesma editora e é bem possível que existam outros mundo a fora.

Destacaremos, a partir de agora, os CINCO álbuns que julgamos mais INTERESSANTES em ordem DECRESCENTE:

5 – O mexicano “Cortesía de Coca-Cola” CAPA DURA:

4 – O francês capa dura BRANCO (geralmente os álbuns capa dura lançados pelo mundo foram da cor azul ou prata):

3 – O suíço e sua capa dourada (GOLD EDITION) que manteve a tradição que vem desde 2010 lançando um álbum diferenciado…

… com figurinhas também diferenciadas em suas bordas…

2 – O segundo álbum (em nossa opinião) mais interessante e também mais raro é o versão coca-cola da Suíça. Álbum este que é considerado por muitos o mais difícil e caro do mundial de 2018:

1 – Mas o título de álbum mais raro e interessante, devido a sua pouca divulgação e conhecimento mundial, vai para o espanhol capa mole “Courtesy of Coca-Cola” (atentar que o mexicano é capa dura e “Cortesía de Coca-Cola”):

Observe o vídeo abaixo para conhecer melhor os 5 últimos álbuns citados:

Nossos eternos agradecimentos ao colecionadores de álbuns panini espalhados pelo mundo que brindaram nossa coleção com estes belos e raros itens!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>